O amor que transforma

 

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”

Marcos 12:30,31

 

Ao perguntarem a Jesus qual era o mais importante mandamento ele não demora a responder o que encontramos em Marcos 12:30-31. Os dois versículos contém um elemento em comum que não pode passar despercebido: o amor. Um verbo extremamente comum em nossos dias, e talvez por isso tão banalizado. É comum que no dia-a-dia afirmemos coisas como “eu amo isso”, amar virou em nosso vocabulário sinônimo de gostar.

 

Duvido, porém, que Jesus se referia a este ao amor desta maneira ao declarar essas verdades. Jesus se refere a um amor total, a um amor sacrificial, que exige tudo aquilo que você é e será que exige tudo que você tem. E é a este tipo de amor que Jesus nos chama todos os dias.

 

Ao nos chamar para sermos discípulos, Ele nos convida a caminhar como Ele caminhou. Basta olhar para os primeiros discípulos para termos uma perspectiva dos custos de segui-lo, cada um deles largou tudo o que tinha, bens, trabalhos e família para caminhar lado a lado com Ele, para colocar a vontade dEle acima de todas, inclusive da sua própria vontade. Um amor como este não passa despercebido, ele transforma todos os lugares por aonde vai, ele não se contém dentro de uma pessoa, ele transborda. 

 

Segundo dados do censo de 2010 do IBGE 86,8% da população brasileira é cristã, dados como esse me causam grande perplexidade, afinal se a maior parte da população se declara cristã como que nosso país está nas condições que se encontra hoje? Culpamos todos, desde os políticos até nossos vizinhos, julgamos e apontamos os erros de todos, menos os nossos. 

 

Procuramos a mudança que Jesus nos chamou para sermos através dEle nos outros. Vivemos como se não conhecêssemos os mandamentos acima citados e consequentemente desmerecemos a transformação que eles são capazes de fazer. Jesus se entregou na cruz para sermos mais do que meros frequentadores de cultos, para sermos mais do que cristãos conformados, Ele nos chama para sermos verdadeiros discípulos, para amá-lo verdadeiramente, e amar aqueles que estão ao nosso redor. 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts Recentes

February 8, 2019

January 30, 2019

December 11, 2018

December 4, 2018

November 20, 2018

October 30, 2018

October 26, 2018

October 17, 2018

October 10, 2018

October 3, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
resgatados por cristo
unidos pelo amor
edificados pela palavra

(47) 3028-7193

secretaria@resgatte.org

Rua Afonso Pena, 572

Bucarein, Joinville, 89202-430

  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

@2017 - Igreja Cristã Bíblica Resgatte