Sermos humildes

Li que há um provérbio na Letônia que diz: “Sempre que queremos desejar o que é ruim para alguém, dizemos: - ‘Tomara que você fique orgulhoso! ’ - ”O orgulho, enquanto um sentimento ruim traz consigo uma diversidade de males. Não é à toa que Deus trata deste assunto em muitas passagens bíblicas. Uma delas está na carta de Tiago, capítulo quatro, versículo seis: “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes”. Leia mais uma vez e medite a respeito.

Deus se mostra contrário às atitudes negativas que brotam do orgulho e as contrapõe incentivando os seus seguidores à prática da humildade. Mais adiante, no versículo dez, Ele promete: “Humilhem-se diante do Senhor, e Ele os colocará numa posição de honra”. Em Cristo Jesus há uma inversão de valores, do orgulho à humildade, que visa o bem do próximo, da própria pessoa e a glória e honra de Deus.

Nesse sentido, desde o seu nascimento numa estrebaria até a morte de cruz, Jesus Cristo vivenciou a humildade em toda sua plenitude. Humilde, aceitou a morte de cruz e se tornou o sacrifício vivo, santo, justo e agradável ao Pai em nosso favor. Pela fé em Cristo Jesus e pela graça de Deus o orgulho humano se transforma em humildade como prática cristã cotidiana e continuada em todas as situações. É a obra de Deus por nós, para nós e em nós.

Vale lembrar que esta virtude cristã, a humildade, não significa uma atitude de constante auto diminuição, de inferiorização de si ou das próprias possibilidades, mas é uma postura que brota da fé, assume e concretiza esta fé no trato com o próximo e com Deus. A humildade é o único solo fértil no qual a graça de Deus pode produzir abundantes frutos.

Você quer isso para sua vida? Se sim, então se torne cristão como a Bíblia ensina e cuide das doutrinas religiosas, em especial as da moda.


Posts Recentes