Perder é ganhar!

02/03/2018

“Depois Ele chamou seus discípulos e o povo para virem e ouvir: “Se qualquer um de vocês quiser ser meu seguidor”, disse-lhes Ele, deve por de lado os seus próprios prazeres, tomar sobre os seus ombros a cruz, e seguir-me de perto”.


“Depois Ele chamou seus discípulos e o povo para virem e ouvir: “Se qualquer um de vocês quiser ser meu seguidor”, disse-lhes Ele, deve por de lado os seus próprios prazeres, tomar sobre os seus ombros a cruz, e seguir-me de perto”.
Se você insistir em salvar a sua própria vida, você a perderá. “Somente aqueles que põe de lado a sua vida por minha causa e por causa da Boa Nova é que saberão realmente o que significa viver.” Mar 8:34-35(BV).
 

Olhando em um âmbito generalista, mas da maioria esmagadora, e salvaguardando verdadeira Igreja, a cada dia que passa verifico, que o meio “evangélico” dos dias de hoje, e através dos frutos que se vê, o quanto o evangelho tem se tornado apenas palavras, apenas uma canção ou a emoção de um preletor eloquente. Mas que na verdade, pouquíssimo ou nada tem haver com o Evangelho de Cristo.

 

O que se vê é um numero crescente de pessoas a procura de milagres instantâneos e buscas desenfreadas pela satisfação pessoal. Quando na essência, o que o Evangelho de Cristo prega claramente é uma vida essencialmente agrícola.
“Não se iludam; lembrem-se de que vocês não podem desprezar a Deus e escapar: um homem sempre colherá justamente o produto da semente que ele plantou!

 

Se ele plantar a fim de agradar aos seus próprios desejos maus, estará plantando as sementes do mal e logicamente fará uma colheita de ruína espiritual e morte; mas se plantar as coisas boas do Espírito, ele colherá a vida eterna que o Espírito Santo lhe dá.
E não nos cansemos de fazer o que é correto, porque em pouco tempo teremos uma colheita de bênção, se não desanimarmos nem desistirmos”.  Gál 6:7 -9 (BV)
 
Sendo assim, no Evangelho de Cristo o que realmente importa é o que se planta no decorrer de nossas vidas. Evidentemente, plantar requer trabalho! Mais que isto, plantar o bem aqui, nesta vida, pode incorrer em não colher frutos nesta vida. E aos olhos de um mero mortal (sem a perspectiva da Eternidade), talvez durante a vida até aconteça a exclusão, perseguições, difamações, e toda sorte maldade que há no coração humano. Homens (espécie) dos quais as Escrituras nos apontam em Provérbios 6:12-19. Os quais serão julgados por Deus, porque existem coisas que Deus odeia, e uma que Ele abomina.
Observe que mesmo com estas coisas sempre estarão presentes, e não há como fugir inteiramente disto, até por isto que Pedro nos exorta:
“Amados, não se surpreendam com o fogo que surge entre vocês para os provar, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo.
Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, vocês exultem com grande alegria.
Se vocês são insultados por causa do nome de Cristo, felizes são vocês, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês.
Se algum de vocês sofre, que não seja como assassino, ladrão, criminoso ou como quem se intromete em negócios alheios.
Contudo, se sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por meio desse nome.
1 Pedro 4:12-16
 
Leonard Ravenhill diz – “Eu acredito que a essência do cristianismo é o sacrifício, não sucesso. Sacrifício!”
Também Jesus já em seu tempo havia dito como haveria de ser:
Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.
Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas; Mateus 10:16-17
 
E o problema se agrava cada vez mais, isto porque pouco se prega a respeito, e muito menos se quer ouvir a respeito de tais possíveis sofrimentos.
Vivemos dias onde tudo o que se quer ouvir, é sobre bênçãos. tudo o que se deseja é ser abastados de toda sorte prosperidade material. Novamente, perdendo a perspectiva da Eternidade.
Não quer dizer que não podemos ser abençoados, e o seremos. Pois somos vencedores em Cristo Jesus. Mas talvez, e creio particularmente nisto, que a benção que muitas vezes esperamos, não seja a mesma que Deus deseja para nós.
Lembro-me daqueles dos quais o mundo não era digno deles (Heb.11), e percebo que Deus havia preparado algo melhor para eles. Algo que: “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam" (1Co 2:9)

Diante disto, me pego refletindo se tenho mortificado a carne a cada dia. Se tenho abandonado as paixões da mocidade e as concupsciências da vida. Mais do que tudo isto... Onde está o meu tesouro?
Porque da perspectiva do Evangelho, ganha quem sabe perder. Perder o que é passageiro, para ganhar o que é eterno. Marcos cita isto, nas palavras de Jesus Cristo de uma maneira muito clara, no capítulo 8 versículos 35 e 36, que é o texto base desta reflexão.
Quem dera que nossa vida esteja focada na verdadeira vida. E que possamos viver esta vida honrando e obedecendo aquele de quem procede todas as coisas

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts Recentes

February 8, 2019

January 30, 2019

December 11, 2018

December 4, 2018

November 20, 2018

October 30, 2018

October 26, 2018

October 17, 2018

October 10, 2018

October 3, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
resgatados por cristo
unidos pelo amor
edificados pela palavra

(47) 3028-7193

secretaria@resgatte.org

Rua Afonso Pena, 572

Bucarein, Joinville, 89202-430

  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

@2017 - Igreja Cristã Bíblica Resgatte