O que diz seu coração?

E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me?

O que diz o seu coração? E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. - João 21: 15 -17 Da ótica em que Jesus esta procurando no coração de Pedro a verdade sobre o amor em sua vida, não porque Ele próprio não conheça o íntimo, mas para o próprio Pedro conheça a si mesmo, evidencia-se a fragilidade de Pedro quanto à verdade sobre o seu íntimo. Observe que Jesus questiona Pedro, não uma, mas três vezes, e olhando no fundo de seus olhos, como que almejando que Pedro seja impactado sobre a própria verdade, indaga... AMAS-ME? Imagino os olhos de Jesus, serenos, mas reveladores... Inquisidores mas cheios do profundo e sincero amor. Penso que os olhos de Jesus agora derramam uma lágrima, que escorre por seu rosto e revela a Pedro o caráter da pergunta do Cristo. E então após quebrantar seu coração, Pedro expõe sua alma aquele que lhe denuncia a verdade até então oculta aos olhos dele. Pedro então se desarma de toda “idolatria” e orgulho, revelados por Jesus, concernentes a sua própria imagem... E agora então devidamente despojado da razão e radicalizado (vem do Latim radicalis, “relativo à raiz”, de RADIX, “raiz”) na essência do amor verdadeiro, Pedro pode dizer “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo” Como Pedro, quantas vezes você e eu caímos no farisaísmo, com medo de dizer a verdade sobre nós mesmos, com medo da nossa imagem? Quem deixa de dizer a verdade com meda da imagem... esta adorando imagem, e adorar imagem é IDOLATRIA. Então acabamos por ser idolatras, por nos preocupar com o pensam de nós. Precisamos nos desnudar de nossas aparências, e trazer à luz de Cristo a verdade sobre nós mesmos, a fim de vivermos na plenitude do amor dele, e através deste imenso amor, contagiar ao nosso próximo. Que sejamos verdadeiramente Homens e mulheres corajosos... corajosos a ponto de vivermos e pregarmos (nesta sequência) o evangelho que esta nas Escrituras, e não aquele que mostramos aos outros. Lembrem-se queridos – “Deus só se relaciona com aquele ser que você é quando ninguém esta olhando... porque é este ser que você é de verdade.” Que a Luz de Cristo esteja sobre mim e você, e que a misericórdia do Senhor, que se renova a cada manhã, e o seu grande amor nos acompanhe por toda nossa caminhada.


Posts Recentes